ShareShareShareShareShare

Trabalho / estratégias de comunicação / Fundação Calouste Gulbenkian / Campanha Energia / 2

A Fundação Calouste Gulbenkian é uma referência em inúmeros aspectos: nas artes, ciências, letras e na divulgação do seu património. Tem igualmente uma grande preocupação ambiental.

Esta preocupação ambiental traduz-se na enorme preocupação com a envolvente paisagística e no esforço por equilibrar os consumos energéticos dos seus edifícios num exemplo de racionalização.

A Fundação Calouste Gulbenkian tem vindo a fazer um esforço na reestruturação de equipamentos que permitam reduzir e racionalizar o consumo energético. Quis envolver os funcionários nessas medidas e, para tal, lançou à ideia,designers o desafio de criar uma campanha de sensibilização para o uso racional de energia.

O slogan proposto – “energia: use com inteligência” – introduz a ideia do desperdício enquanto irracionalidade, só admitindo uma contraproposta lógica, isto é, um uso razoável dos recursos.

Nos vários espaços de trabalho da Fundação (das garagens ao refeitório) instalámos conselhos sobre formas de eliminar desperdícios energéticos e usar recursos sensatamente: sobre as portas dos elevadores, nas paredes e pontos estratégicos de grande visibilidade.

Outros elementos gráficos com informação mais desenvolvida completavam a campanha, ajudando a introduzir hábitos diferentes no quotidiano e a inverter situações de desaproveitamento que estavam instaladas.

A segunda campanha decorreu no mesmo espírito da primeira.
As economias obtidas foram aplicadas em investigação, música, arte e saúde. Para reflectir esse resultado palpável do esforço das pessoas, e simultaneamente passar a mensagem que se tratava de um processo em curso, a nova campanha justapôs imagens da anterior a objectos simbolizadores das áreas apoiadas, mas sem os preencher por completo, como se estivessem aos poucos a encher-se da energia que os outros pouparam.
 
[<][manual][>]
Maybe one day i'll learn Portuguese, until then, switch me to English.